Brasil ganha 12 novos bilionários totalizando 43 em 2017

Cinco bilionários brasileiros concentram patrimônio equivalente à renda da metade mais pobre da população do Brasil, mostra um estudo divulgado nesta segunda-feira (22) pela organização não-governamental britânica Oxfam antes do Fórum Econômico Mundial, que ocorre em Davos, na Suíça, nesta semana.

A lista é encabeçada por Jorge Paulo Lemann, sócio do fundo 3G Capital, que possui participações nas empresas AB InBev (bebidas), Burger King (fast food) e Kraft Heinz (alimentos).

Jorge Paulo Lemann, 77 anos (3G Capital)

Joseph Safra, 78 anos (Banco Safra)

Marcel Herrmann Telles, 67 anos (3G Capital)

Carlos Alberto Sicupira, 69 anos (3G Capital)

Eduardo Saverin, 35 anos (Facebook)

Para fazer seus levantamentos, a ONG britânica de combate à pobreza usa dados sobre bilionários da revista “Forbes” e informações sobre a riqueza em escala global de relatórios do banco Credit Suisse.

12 Novos Bilionários
No ano em que o mundo teve um acréscimo recorde de bilionários um a cada dois dias, o Brasil ganhou 12 novos integrantes. O grupo passou de 31 para 43 integrantes em 2017.